A ARTE DO CONVIVER E DO APRENDER


O caminho do conhecimento

Há alguns anos atrás, quando a minha filha ainda estava no colegial, em uma dessas conversas corriqueiras, perguntei para a ela como tinha sido a aula naquela manhã e, enquanto ela falava podia ver seus olhos brilhando com o mesmo entusiasmo que era a sua fala. Não percebi nenhuma atividade fora do normal em tudo o que ela me contava e fiquei ainda mais intrigado com o entusiasmo daquelas poucas e simples palavras. Então, curioso, perguntei a ela o que tinha sido tão especial para ela estar naquele entusiasmo todo e sua resposta foi mais intrigante ainda: “Nada pai, é que hoje foi o dia de termos aula com a professora mais legal do colégio.” E então perguntei a ela o que essa professora fazia para ganhar esse título de “mais legal do colégio” e, ao contrário de tudo o que eu pensei, a sua resposta foi mais simples ainda: “Ah pai, não sei… Ela é uma das únicas que em todas as manhãs nos fala bom dia e nos pergunta como estamos. Sabe, ela é uma das únicas que realmente conversa com a gente com o mesmo interesse em que passa a matéria que precisa.”.

Neste exato momento senti como se todas as fichas estivessem caindo sobre a postura não só de um educador, mas como de qualquer ser humano em qualquer profissão: A importância em se relacionar com o outro e como a qualidade dessa convivência pode influenciar nos resultados que desejamos.

Veja, o ser humano tende a trocar informações na convivência com o seu semelhante. Educamos e somos educados, ensinamos e aprendemos, influenciamos e somos influenciados. Essas ações se dão por meio das falas, dos gestos, das atitudes e da comunicação, seja ela verbal ou não verbal, intencional ou até involuntária.

Na arte do conviver e do aprender, é importante ressaltar o papel das emoções como fator determinante nos relacionamentos interpessoais e na construção do conhecimento e do desenvolvimento humano, base de qualquer processo de transformação e evolução. A influência desses sentimentos se faz presente em todos os processos de transformar a informação em conhecimento.

Como educadores, nos perguntamos quais as possibilidades de transmitir esta arte e desenvolver as dimensões fundamentais do indivíduo e do cidadão, no contexto familiar, escolar e social. Claro que o tema é vasto e complexo, todavia, podemos ter presente alguns elementos importantes de reflexão quando pensamos em fortalecer o caminho do conhecimento, da convivência e da aprendizagem:

• É importante pensar em um contexto educativo que possa misturar os aprendizados onde aspectos cognitivos e relacionais se integrem para facilitar a compreensão do significado da vida na sala de aula, no cotidiano e no convívio social, reconhecendo que o estudo de todas as disciplinas pode contribuir a adquirir e solidificar as competências pessoais, comportamentais e éticas, não só cognitivas;

• Ressaltar a centralidade da pessoa, no sentido de promover o desenvolvimento da valorização do ser humano, através de um percurso de respeito da pessoa, da sua individualidade, da sua cultura, etnia, relações familiares e sociais. Preservando e respeitando a identidade dos indivíduos, se fortalece a solidariedade e a cooperação;

• Estimular o respeito das diversidades e ter consciência de que as mesmas podem caminhar juntas, criando modelos mais valiosos e eficazes do que o indivíduo sozinho poderia atingir. Desta forma, se promove o intercâmbio de idéias, a realização do trabalho em equipes, a valorização dos relacionamentos interpessoais e dos valores humanos;

• Favorecer no aluno a busca da própria identidade, orientá-lo para fortalecer as próprias habilidades e talentos, significa que estaremos ajudando este estudante a compreender as diferenças e o conceito de diversidade, no sentido amplo de considerar a maneira de cada um ver a realidade, de dar significado às experiências e aos aspectos da vida;

• Permitir ao aluno considerar as próprias idéias, opiniões e visão de mundo não como um fator absoluto, mas como uma das possíveis maneiras de entendê-lo, em um processo de compartilhar os significados, permitindo o desenvolvimento do raciocínio crítico, da habilidade de tomar decisões e promovendo o interesse para a colaboração e a cooperação, pois a arte de conviver e aprender, como caminho do conhecimento, se refere à evolução como ser humano, à maneira de ser e de agir de cada pessoa, do relacionamento consigo mesmo, com os outros e com a realidade;

• Fortalecer o significado da comunicação e do diálogo, para que assim o aluno compreenda a importância de entender e fazer-se entender na diversidade existente no ambiente em que vivemos.

A arte do conviver e do aprender depende do comprometimento pessoal com a valorização da vida e do viver, orientada por princípios, valores, e posturas que reconheçam a nossa responsabilidade na criação da realidade, na compreensão e entendimento de nós e do mundo, através das nossas crenças, paradigmas, opiniões e ações. Ao assumir este compromisso, novas maneiras de encarar o mundo virão como consequência, refletindo em um pensamento mais flexível, criativo e inovador, que nos leva à realização pessoal e à possibilidade de sermos fiéis ao nosso potencial, qualidades e objetivos. Quando compreendemos e aceitamos essa arte do conviver e aprender em nosso dia a dia, assumimos um novo paradigma educacional que nos permite exercer nossas missões como verdadeiros mestres, sendo profissionais de referência e de excelência na educação!

Eduardo Shinyashiki on sabyoutubeEduardo Shinyashiki on sabrssEduardo Shinyashiki on sablinkedinEduardo Shinyashiki on sabfacebookEduardo Shinyashiki on sabemail
Eduardo Shinyashiki
Eduardo Shinyashiki é palestrante, consultor organizacional, escritor e especialista em desenvolvimento das Competências de Liderança e Preparação de Equipes. Presidente da Sociedade Cre Ser Treinamentos, colabora periodicamente com artigos para revistas e jornais. Autor dos livros: Viva como Você Quer Viver, A Vida é Um Milagre e Transforme seus Sonhos em Vida - Editora Gente. Para mais informações, acesse www.edushin.com.br.

sobre Eduardo Shinyashiki

Eduardo Shinyashiki é palestrante, consultor organizacional, escritor e especialista em desenvolvimento das Competências de Liderança e Preparação de Equipes. Presidente da Sociedade Cre Ser Treinamentos, colabora periodicamente com artigos para revistas e jornais. Autor dos livros: Viva como Você Quer Viver, A Vida é Um Milagre e Transforme seus Sonhos em Vida - Editora Gente. Para mais informações, acesse www.edushin.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *